sexta-feira, 28 de maio de 2010

Flowers Season

entrelaço
nossas pernas
um só jazz
um só samba
e o que era descompasso
é batida fraca
às duas da manhã
arranco do relógio
o atraso

vejo então
o amanhã

Um comentário:

aperitivopoético disse...

cada vez que te leio, me emociono.

Lindo, delicado e sensível como sempre.

Beijos poeta e agora daborado tb!