domingo, 6 de junho de 2010

IV

e já não paro de falar
mesmo que só sussurros
batuco notas nas paredes
musico versos e verões
ou grito alto dentro do carro
quando ninguém me ouve
pra não sentir só
sem um sotaque
quietude perfeita
e imensa em mim

é que não te sentir é insuportável
mas
o que eu não aguento é o silêncio

aquele que você deixa quando sai



em todos
os
meus sentidos...

Nenhum comentário: