quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Condensar

evaporar pequeno
gotícula de quase nada
subindo correndo depressa
energia grandiosa não cessa
aprender a andar sem ver
ou só parar com pressa
quando o mundo parece cair
com poeira de fazer cruz

qualquer mensagem seduz
ebulição do passado
caminho já andado
e só o amor reluz
em passos sobem depressa
correndo por entre espaças
lacunas de um entre-olhar
evapora sem disfarçar



"...nem que seja só para estar ao seu lado,
Só pra ler no seu rosto
Uma mensagem de Amor"