sábado, 15 de janeiro de 2011

nascedouro

hei de acreditar
mesmo que acordado
desnublado céu de março
lá no porto ancorado
ficam sonhos e desejos

vez em quando partem
quando em vez ficam


dentro de mim

Nenhum comentário: