terça-feira, 29 de março de 2011

beira

enquanto adormecem os dedos
esticados
em avanço
absolutamente prontos pro toque
certeiro
depois que adormeço os toques
tão sonhados
no alcanço
absolutamente prontos pra os dedos
absortos
candeeiro
que pisca mas não apaga
brilhe
qualquer faísca
que o vento traga.






http://www.youtube.com/watch?v=drTe0lkSemo&playnext=1&list=PL73E0B243689522BF

Um comentário:

L. disse...

e o vento sempre trás.
difícil comentar algo tão bonito.
da um medo de atrapalhar :)

um beijo!