sábado, 30 de julho de 2011

saudade

a madrugada ingrata

e revoltosa

reclamante por falta de sol

inquieta os medos

recorda a sombra

d'outros tempos, outro eu

e meus fantasmas

o escuro faz

pouca lembrança

brilhar...


pena nem tudo ser manhã,

nela acordo,

meu despertar.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

17:33

é que eu grito sobre o amor
todos os dias
de frio
de vazio
de santo
de tanto... que ele incomoda
por não sair de mim
pra dormir fora, passar a noite,
n'algum colo que me mande
de manhã cedo flores e um café.
não meu, este colo,
algum


"se você ficar sozinho, pega a solidão e dança"

segunda-feira, 18 de julho de 2011

se faltar a paz

A chuva faz
o vento se sentir sozinho
por passar e não ver
que todo seu intento
era alisar um pouquinho
antes da queda.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Sinto saudade de não saber pensar nas coisas,
saudade, ela não me deixa só um único dia.
tão musical
ela não me deixa só.
"...pega a solidão e dança..."
não me falta paz, não no rosto.
"...se faltar a paz..."

vontade de quebrar o silêncio que se formou por dias em mim mesmo.
o amor que se dá não deve esperar retorno.

talvez seja esse o erro; sempre espero...
como disse uma amiga há um tempo: "o amor não é para amadores."


http://www.youtube.com/watch?v=OpmTTvC41Hg

domingo, 17 de julho de 2011

estrada

falta ao céu aquele brilho
brilho,
brilho,
...
brilho.
(dias)

pisca candeeiro,
pisco eu,

.