segunda-feira, 18 de julho de 2011

se faltar a paz

A chuva faz
o vento se sentir sozinho
por passar e não ver
que todo seu intento
era alisar um pouquinho
antes da queda.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Sinto saudade de não saber pensar nas coisas,
saudade, ela não me deixa só um único dia.
tão musical
ela não me deixa só.
"...pega a solidão e dança..."
não me falta paz, não no rosto.
"...se faltar a paz..."

vontade de quebrar o silêncio que se formou por dias em mim mesmo.
o amor que se dá não deve esperar retorno.

talvez seja esse o erro; sempre espero...
como disse uma amiga há um tempo: "o amor não é para amadores."


http://www.youtube.com/watch?v=OpmTTvC41Hg

2 comentários:

Be Lins disse...

Sua companhia me traz paz,
suas palavras, segurança.

Expor-se em palavras requer uma coragem que não volta atrás,
é risco e prazer.

Si, somos amigos virtuais-literários,mas iria além,

somos pessoas que comungam do belo
de forma parecida.

Obrigada, Thiê,
por tudo que não cala.

L. disse...

...
de novo!