quinta-feira, 11 de agosto de 2011

pillow talk

deixo o céu entrar
não pelo teto
sem sentir contato,
sim pela vida.

sonhar todo dia
chaleira e assobio
na mesa já posta e mexida
fria
do almoco que eu mesmo fiz
te alimentar
satisfazer
fazer em ti um filho num sorriso matinal
e sorrir de novo ao nosso anoitecer
o gosto de teu beijo leve
solto tão breve
grudado em mim
feito o cheiro bom
do perfume
o perfume que não larga meu pescoço

acordar é o nada
escolhi minha vida.
amar é fácil, amor.
amanhã você entende...



Pink FLoyd - A pillow of Winds = http://www.youtube.com/watch?v=sgmleHrkz7Q

Um comentário:

Patrícia disse...

Gostei muito do poema, me fez imaginar...
Amo Pink Floyd!