quinta-feira, 27 de outubro de 2011

madrugada

Escuto o som do ar cortando tudo
seguro em ti mais forte
pra não voar bem longe


quando tudo em mim
é medo
guardo tudo num segredo:
não resisto ao teu sorrir.

Nenhum comentário: