quarta-feira, 26 de outubro de 2011

no quarto

da cama vazia
finjo sono
fecho olhos
enquanto tudo em mim
espia

espia

seu lento caminhar

Nenhum comentário: