quinta-feira, 20 de outubro de 2011

teus

e o sorriso, displicente
conformado com a vida
se perdoa por não querer levantar da cama
sem perceber que já se mostra
sonhando
tão sonhado.

Nenhum comentário: