quinta-feira, 24 de novembro de 2011

alento

Vem andorinha,
pousa teu descanso em mim,
repousa,
e te mostro
meu ninho, meu verão
enquanto dura a estação;
enquanto duro.

2 comentários:

Be Lins disse...

Não como andorinha porque naturalmente me faltam asas mas, desiludidamente trago de volta a pergunta pra você, meu querido:
_ e oque fazer?

Sempre perto,
Be

aperitivopoético disse...

tire esse enquanto duro do final pq os pensamentos pornográficos como o meu só vão ver putaria kkkkkkkkkkk bju