segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

passado presente

saí de casa
e o que há no bolso
não faz diferença
não é a presença
busco
no bolso da blusa
ou por trás
metáforas tortas
linhas tortas
olhares poucos
sussurros roucos
e saio de casa
de bolsa e bolso
cheios
não faz diferença
tudo fosse só
a sua presença
talvez não saísse
talvez só ficasse
pra ver o sol nascer
sob seus cabelos
vermelhos

Nenhum comentário: