sábado, 25 de fevereiro de 2012

outonal

a folha despenca
contra vontade
e gravidade do fato
esperando o contato
d'outra folha resistente
nessa queda
tão livre

desamparo inquietante,
fim da linha da liberdade
é sempre a desmaciez
áspera
do chão só
desfolhado
salteado e só

Nenhum comentário: