sábado, 21 de abril de 2012

Sinus Amoris

é tempo, amor,
de se preocupar com os amigos
é tempo de ser sempre mais
doce
pouco sobra do resto do mundo
e em cada esquina
mímese oceânica
de ondas que já não sei seguir
nem mergulhar

vem já, por favor,
intemperismos de sua natureza
brincam nos relevos
de minha pele.
ser um tanto mais eternidade;
é tempo
de esquecer o tempo
e perdurar

Nenhum comentário: