quinta-feira, 26 de abril de 2012

vermelha

...a luz (...) te desagrada, paciência; de tão branca toma pra si uma certa vermelhidão, um tom febril, desconcertantes segundos de pura observação. Mira, "En tus ojos peleaban las llamas del crepúsculo, y las hojas caían en el agua de tu alma"... arrancaste de mim todo o conceito inato de respirar: é agora, antes de tudo um ato desesperado de manter-se em comunhão com teus detalhes. É na respiração que eu te domino, acalmo teus sentidos e afrouxo seus temores, ainda me falta ar.
não me falta nada.

teu riso-aparador-de-sonhos
teu riso-aparador-de-sonhos

teu puro regojizo
em minha pele




"Más allá de tus ojos ardían los crepúsculos."

Um comentário:

Ellen Joyce disse...

Arrancaste de mim todo o conceito inato de dizer...

Deixa eu respeirar, tá?