sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Feriado

entre, sente, pente e cabeceira
já fui thiê, thiago, amor,
thi, careca, tatuado, vagabundo
viado, bonitinho ou meu bem,
o mascarado da Mayra
o doce do Saulo
o esquecido de meus pais
caneta, papel, xerox e conjuntivite
chá
chá de cidreira pra o sol descer mansinho
pra Saulo lembrar de mim no verão,
pra duda me amar
preu amar duda cada dia mais
e todo dia ser dia de thiê
pão quente e suco
curry, azeite, alecrim e pimenta
Saulo, seu sorriso parece frô pequena
frô e cuidado

2 comentários:

[Nem's] Neemias Santana disse...

Nossa!! Que bonito!

Saulo Moreira disse...

Eu lembro de Thiago no verão. Lembro.
Todo dia é dia de ser sei lá.
Todo dia é dia e seu.
Todo amor seu: feio e bonito.
Seu todo amor.
Com ou sem compromisso.
Com piercing.
Todo canto da sala.
Todo verso futuro-agora.
Todo café-chá-delicadeza.
Toda poesia de árvore.
Toda poesia pequena.
Todos tiês de poesia.
Toda consoante T.
Todo m ar.