domingo, 16 de dezembro de 2012

Mudo

que há no jasmim
ou hortelã
faz tão bonito
tão cheiroso
tempero perfumado
do meio do peito cozido
em fogo brando
dores brandas
cheiro de mesa posta
antes do tempo
jasmim da janela
me olha curioso
eu, batendo panelas
gritando remédios
tentando um chá de ampulheta
só queria cozinhar pra ti
a vida toda,
nunca mais fazer a barba
crer no destino feito sábado
sopa, cominho, pimenta
ouvir madeleine, nao ouvir
seus passos indo
da cozinha pra lá
não há sentido
destemporado
tempero flores
dos ladrilhos em calma
e mornidão

Nenhum comentário: