sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

-alô?

disse que tinha um compromisso hoje cedo.
não falou sobre.
me acordou e era engano.
era Pedro
que amava Daniel que mora em Frankfurt
quadrilha de Carlinhos enquanto
sambo no meio da cidade.
era engano.
muro e engano sem tinta pra se pintar
era sua mão cheia de dedos
e sua bipolaridade.
era eu que amava ela
que ama tecnologia, horóscopos, moda e seriado.
era passado
que ama lembrança
sua mão cheia de dedos não me tocam
(não sou touchscreen)
era Caetano
e era engano.
em Santo Amaro existem flechas negras
é sempre eu tentando
não sentir o peso
do seu sorriso frio
que me castiga, vezes paralisa
meu sorriso
por engano.

Nenhum comentário: