terça-feira, 15 de outubro de 2013

café

quis perder aquela mania boba
de ver amor em todas as coisas.
se soubesse 
que até
o café
esfriava,
não dava,
não pedia.
só pensava 
pelo dia
no momento que não lembro
transbordado.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

cubo

não tem romance
que alcance
além do frio
cabe na palma da mão
gelado coração
que queima
abaixo
encaixo
no freezer.

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

mandala

o enfeite
da alma
pros olhos,
a prova
sutil
do pra sempre
e sempre
efêmero
quase nunca
falha.