segunda-feira, 7 de outubro de 2013

mandala

o enfeite
da alma
pros olhos,
a prova
sutil
do pra sempre
e sempre
efêmero
quase nunca
falha.

Nenhum comentário: