quinta-feira, 13 de março de 2014

minha

e pra vida que passa:
teus girassóis,
teu parto,
minha parte
um esparso
tempo
no braço
não passa.

Nenhum comentário: