segunda-feira, 24 de novembro de 2014

eu tinha 26
quando descobri
que era cínico.

boa parte de mim
queria mais
sabia
que não riria
perdia o senso
sozinho

de resto tudo
- desandava -
em harmonia
com toda certeza
exibida
no meu jeito de falar
de escolher
minunciosamente
qualquer acaso
que servisse pra exemplo
de minha exatidão

de toda essa comunhão

entre o existente
o incrível conveniente

da falta de fé
dos dois ou mais recados
da saudade aguda
da mentira crônica

Nenhum comentário: