segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Don

esse passar das coisas,
dias,
ruídos no tempo,
dentro de mim.

esse surtar
momentos
e o medo 
de um dia
não saber
como falar.

esquento água prum chá,
pôr panos quentes,
esse calor.
há de passar.

Nenhum comentário: