sábado, 4 de abril de 2015

trança

teu fio de cabelo
dentro de minha camisa
de noite;
depois do dia
do suor
do sorriso;
é a poesia que eu encontro
pra dormir
do seu
lado

Nenhum comentário: