sábado, 18 de julho de 2015

mesa

antes de apagar a luz,
abrir o pote
de geléia,
deixar ali, às moscas,
feito
não quisesse estar alí
nem gostasse do sabor
não sentisse
que era minha
a mão
do abandono.

Nenhum comentário: