terça-feira, 14 de julho de 2015

sem jeito

um jeito torto
de transformar
tudo sempre
em quase,
muito feito talvez,
fosse mais
do mesmo.

Nenhum comentário: