sexta-feira, 3 de março de 2017

salitre

sobre as voltas que o mundo dá
delatado
nas ondas que batem: 
silencio o brinde
a coragem
de viver
ancoragem de barcos
em portos que não mais.

eu-cais
de qualquer tempestade.

Nenhum comentário: